segunda-feira, 13 de junho de 2011

GRITOS

UM BEIJO 
MINHA CONDENAÇÃO,
AUTOR 
MEU CORAÇÃO,
QUE GRITOU ,
AO VER TEU CORPO SEM 
RESTRIÇOES EM GESTOS
INDECENTES,
 COMO GATO
FITAVA SEUS DEDOS
PERCORRENDO CLEMENTES
CADA ATO,
É FATO,
QUE SOU TEU ESCRAVO,
CATIVO DO 
DO DESEJO INSANO,
FISSURA DO TEMPO 
AQUECIDO,
BANDIDO
DO AMOR PROFANO !

PAULO ALVARENGA

Nenhum comentário:

Postar um comentário