sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

IMPRÓPRIO

CAUSO DANO À SUA SAÚDE
NÃO TE DEIXO DORMIR
NÃO PERMITO  SEQUER UM FECHAR DE OLHOS
QUERO QUE ME VEJA, QUE ME BEIJE,
E QUE ME DESEJE À NOITE INTEIRA,
POIS NA DERIVA DOS TEUS LÁBIOS
SOU O MARUJO, DA NOITE...
O SOPRO NOS TEUS CABELOS,
SOU QUEM VAI TE SUCUMBIR...

PAULO ALVARENGA

4 comentários:

  1. Cada vez mais intenso, mais maduro, mais lindo!!!

    ResponderExcluir
  2. ótimo, como de costume, mas de uma forma diferente.

    ResponderExcluir
  3. Olá Paulo, um belo blog, volto em comentário.
    Abraços Júlio

    ResponderExcluir
  4. Ola! bonito, bem expressivo. Gostei do blog, abraço.

    ResponderExcluir