terça-feira, 27 de outubro de 2009

Vernisságe de paixão



Ás vezes as cores se agrupam,
diante dos meus olhos,
e começam a pintar aquarelas
nas telas dos nossos corpos secos,
e deixo-as nos becos escondidas
pra encontrá-las, um dia 
minhas lembranças preferidas,
dessa verniságe de paixão,
coleção de ouro em pó,
me deixa nú, 
em um só
 olhar,
me leva ao mar,
de ilusão !


Paulo Alvarenga

2 comentários:

  1. Bellísimo!!! recuerdode una pasion...cuerpos pintados en acuarelas....!!! un gusto pasar y leerte!! te dejo un gran beso!!

    la música de tu blog es maravillosa!!

    ResponderExcluir